quinta-feira, 11 de março de 2010

Escrevem.

Escrevem os desmiolados, solitários gente de sentimento, que sabe o que expressar tornando tudo poesia. Aqueles que transformam a batida da música em palavras e as escreve no céu azul, no teto do quarto, atrás do guarda roupa, no guardanapo do almoço...
Rabiscam aqui e ali. Abandonos da alma, ilustrações vagas, tudo foge de dentro pra fora, lançando-se ao papel.
memórias desgastadas, amizades distantes, masoquismo...tudo pelas palavras !
E se é através disso que elas florescem me arrisco a cultiva-las.