sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

e muitas noites ainda permanecerei relembrando
o amor morto
a solidão viva
me preenchendo .

o corpo,
a sombra,
o cheiro,
se foram.

o silêncio vive dentro de tudo
e alimenta-se aqui.